Clubeinvest.com Homepage
Indices_HP
PSI-20 5371.81 +0.19% | DAX 12202.63 -0.12% | NDX 5425.43 +0.13% | SPX 2356.11 +0.13% | EURUSD 1.3738
Registe-se ou faça Login !
Clubeinvest.com
Home Privado Fórum Acções Índices Metastock Portfolio Managers Publicações Blogs Contacto ?
Gráficos e Metastock:
Ex: EDP.LS CSCO ^NDX

Lisboa, 26 de Julho de 2017, 01:35
Disclaimer: O Clubeinvest.com informa que nenhuma da informação aqui facultada deverá alguma vez ser entendida como conselhos ou recomendações de qualquer tipo de transacção, investimento real ou estratégia, todas as publicações presentes representam apenas a opinião pessoal dos seus autores. Exclui-se, expressamente, quaisquer responsabilidades por eventuais erros nas conclusões resultantes da leitura de artigos aqui publicados e das decisões adoptadas pelos utilizadores. Para obter apoio na gestão dos seus investimentos deverá estudar exaustivamente os activos, decidir por si próprio ou recorrer a Instituições Financeiras credênciadas pela CMVM.
Prata: Uma Bolha Especulativa? - Artigo de Opinião
Por: Diogo Castro (0) em 2011-02-24
Ver mais comentários do mesmo Autor
Comente este artigo ou coloque uma questão
Artigo visto 9495 vezes | Acesso Livre

Prata: Uma Bolha Especulativa?
Este comentário vem na sequência dos comentários publicados no fórum privado sobre a Prata nos seguintes links: [2011-01-19 (25 ideias para 2011) [2010-09-20 (Update ao SPX)] ]

Apesar de não ter publicado ainda nenhum comentário muito aprofundado sobre este metal, a Prata foi uma das 3 mercadorias que inclui no meu artigo «25 Ideias para 2011» onde na altura a cotar nos $28 e em modo de correcção de curto prazo sugeri que seria interessante posicionamentos abaixo dos $25 (infelizmente essa correcção não ultrapassou os $26, mas ficou a ideia), antes disso e pelo menos publicamente só escrevi um comentário sobre o metal, em Setembro do ano passado com a Prata cotada nos 20.40$ e em resposta a perguntas dos leitores publiquei um pequeno comentário optimista sobre este metal no seguinte contexto:

«Um membro do F.Privado perguntou-me o que acho do Ouro, nomeadamente a posicionamentos longos no seu ETF (ticker: GLD) numa óptica de médio prazo. Esta resposta merecia talvez um update especifico, mas há falta de tempo deixo um pequeno comentário: o Ouro está num Bullmarket de longa duração há quase 10 anos, e que para alguns assumiu a forma de "bolha". É impossível dizer-se mal do Ouro num contexto técnico de curto, médio ou longo prazo, no entanto (...) No contexto dos metais e numa perspectiva de médio prazo, vejo por exemplo com mais interesse a Prata ou o seu ETF (ticker: SLV).»

Desde essa altura (Setembro) ambos os metais continuaram a subir, no entanto o Ouro subiu pouco mais de +10% enquanto a Prata superou os +65% de valorização desde Setembro ao máximo da sessão de ontem.

O gráfico da Prata, ou neste caso do seu ETF com o ticker SLV está agora assim:

Prata - Gráfico desde finais de 2008: (escala simples)

Gráfico produzido com MetaStock™, software de Análise Técnica Profissional.

Desde o mínimo de 2008 a $8.45 até ao máximo de ontem nos $33 a Prata subiu +290%, uma valorização sem dúvida muito expressiva, no entanto não se pode dizer "sem precedentes", a Prata tal como o Ouro (e milhares de outros activos) já observou movimentos desta tipologia, em Janeiro de 1980 a Prata atingiu os $50 e para que se veja em perspectiva temos o seguinte gráfico desde 1968:

Prata - Gráfico desde 1968: (Gráfico compilado entre Futuros da Prata e o SLV)

Gráfico produzido com MetaStock™, software de Análise Técnica Profissional.

E já agora aproveito para anexar também um gráfico do Ouro desde 1968 para se comparar:

Ouro - Gráfico desde 1968: (Gráfico compilado entre Futuros do Ouro e o GLD, escala X10)

Gráfico produzido com MetaStock™, software de Análise Técnica Profissional.

Se tivermos em consideração que durante o período anterior ao movimento actual (anos 90 e 2000) a Prata andou perto dos $5, e que no período anterior ao movimento que culminou em 1980 (anos 70) a Prata esteve perto de $1, a perspectiva muda ainda mais em termos de valorizações em jogo:

- Desde o mínimo que tenho em base de dados nos $1.27 registados em 1972 até ao máximo de Janeiro de 1980 nos $50.35 deu-se uma valorização de +3864% em menos de 8 anos.
- Desde o mínimo mais recente a $4.03 registado em 2001 até ao máximo de ontem nos $33 deu-se uma valorização de "apenas" +718%, que apesar de enorme é 5 vezes inferior ao movimento registado em 1970-80.

A diferença entre os +718% actuais e os quase +4000% atingidos em 1980 é (para já) a diferença entre um Bullmarket de longa duração e uma "Bolha", aliás a própria anatomia de ambos os movimentos é diferente: nos anos 70 a Prata subiu quase sem correcções pelo menos dos $5 aos $50 e só nessa altura é que a "Bolha" rebentou, o movimento actual e se considerarmos que começou perto dos $5 teve um primeiro movimento até aos $20, seguiu-se uma correcção até valores inferiores aos $10 e só depois se deu a expansão actual, esta "pequena" diferença pelo menos em termos técnicos dá um nível de consolidação diferente ao movimento actual comparativamente à "Bolha" anterior.

Inúmeros analistas e comentadores de mercado consideram que o movimento na Prata é uma "Bolha", e que como todas as "Bolhas" está prestes a rebentar, este comentário não é recente e tem sido muito exposto pelo menos desde o breakout da Prata nos $20, o mesmo tipo de interpretação tem sido inúmeras vezes publicado ao longo dos últimos 10 anos sobre o Ouro em especial quando ultrapassou os $500 algures em 2005 (o Ouro está agora perto dos $1400).

A Prata é já uma Bolha?

Para mim, uma das características principais de uma Bolha é a superação de máximos históricos de forma exuberante ou pelo menos de forma significativa, e neste aspecto a Prata depois desta enorme subida está mesmo assim cerca de -40% abaixo do máximo de 1980 a valores brutos, e teria de subir ainda +50% só para testar os valores de 1980.

Se tivermos em conta a inflação registada entre 1980 e 2011, o máximo da Prata nos $50.35 corresponderia neste momento a $142.50 (calculado aqui) a preços actuais, o que significa que aplicando a inflação a Prata está neste momento -75% abaixo do que esteve em 1980 e teria de subir mais de 300% para testar um valor equiparável ao registado em 1980 a preços actuais.

Neste contexto puramente matemático não considero (ainda) que o movimento actual da Prata possa ser já considerado como uma "Bolha", mesmo no caso do Ouro, que está perto de +60% acima do seu máximo também registado em 1980, se aplicarmos o mesmo cálculo de inflação, o máximo de $875 registado em 1980 seria hoje cerca de $2476 em valor actualizado de inflação, estando o Ouro neste momento nos $1360 teria de subir ainda +82% só para atingir o máximo registado há 31 anos atrás. 

Pessoalmente e com todos os riscos que esta opinião possa conter, não considero que a Prata esteja (já) em "Bolha", e mesmo o Ouro poderá ser discutível se aplicarmos valores corrigidos de inflação. Mesmo assim e tal como quem quer que esteja posicionado em Prata ou Ouro também não deixo de equacionar a hipótese de Bolha e terá obrigatoriamente de ser um cenário que tem de estar pelo menos "em cima da mesa", afinal a óptica para operar um Bullmarket tradicional ou uma "Bolha" Especulativa deve ser posta de forma diferente no primeiro caso investe-se e no segundo caso especula-se, formas de operar que se regem por conceitos de gestão de risco totalmente diferentes... mas mais à frente comentarei a forma como estou a operar em cada segmento.

E alguma vez há de ser uma Bolha?

A última "Bolha" nos Metais foi há mais de 30 anos, foi um sonho para quem a aproveitou e uma desgraça para quem se deixou levar como qualquer "Bolha" que se preze, mesmo assim, tendo em conta os riscos (todas as bolhas rebentam) mas conhecendo o potencial (normalmente acima de quaisquer previsões) não me importava nada que a Prata realmente entrasse em Bolha, o máximo que um activo pode descer são 100% mas para cima não há limites, especialmente em momentos de "Bolha". 

Pessoalmente, não faço ideia se este movimento irá algum dia culminar numa "Bolha" no verdadeiro sentido da palavra, mas diria que as probabilidades são minimamente aceitáveis e os fundamentais macro actuais continuam a favorecer quase todas as commodities, a Prata não é excepção.

Os Fundamentais da tese Bullish sobre a Prata:

Há imensos argumentos Bullish, dos quais vou destacar apenas os que considero mais relevantes:

Quantitative Easing I e II (e III, IV, V?)
Sem aprofundar o tema, basicamente o FED tem vindo a inundar o mercado com dinheiro para combater a crise e estimular a Economia, o mesmo processo está a ser adoptado pela Europa, e o que inicialmente teria sido apenas uma medida excepcional poderá ter de se continuar a repetir indefinidamente nos próximos anos. Num contexto de diluição do valor do dinheiro, as commodities e em especial as que representam reservas de valor como o Ouro ou a Prata subiram sempre historicamente, o passado recente corrobora a regra e este é um argumento que para já se mantém activo na tese de investimento em Ouro, Prata e outras commodities.

A China deixou de vender e passou a comprar.
A China é o 3º maior produtor de Prata do Mundo, e até há pouco tempo atrás exportava a quase totalidade da sua produção, em 2004 exportou 100M de Onças de Prata e no ano passado Importou 110M de Onças (ao contrário do Ouro a Prata é usada para fins industriais, 50% da produção mundial do ano passado foi usada na Industria). A China é só um exemplo, a Índia está na mesma situação e com o desenvolvimento da Industria nos países produtores a tendência poderá manter-se o que significa menos oferta e mais procura.

Rácio Ouro / Prata ainda muito alto.
O Rácio Ouro / Prata (Cotação do Ouro a dividir pela Cotação da Prata) mede no fundo se a Prata está barata ou cara contra o Ouro, quanto mais alto este valor mais Barata está a Prata face ao Ouro e quanto mais Baixo o rácio mais cara está a Prata contra o Ouro.

Como só tenho dados históricos em base de dados desde 1968, deixo o seguinte gráfico com o Rácio Ouro / Prata:



No gráfico vê-mos que o rácio tem estado relativamente alto nos últimos 25 anos (depois da Bolha de 1980), mas que antes dessa altura o rácio era significativamente inferior. Não tenho dados totalmente fiáveis porque as várias fontes que consultei continham discrepâncias, mas penso que historicamente (num contexto de 60-70 anos) este rácio tem andado à volta dos 25X em média (pouco mais de metade do rácio actual).
Por observação directa no gráfico durante o período da bolha de 1980 este rácio teve uma forte queda (favorável à avaliação da Prata) atingindo os 18X, utilizando esse rácio aos preços actuais com o Ouro nos $1360, um rácio de 18X significaria a Prata avaliada em $75, mas num contexto do próprio Ouro em "Bolha" e mantendo a noção que este rácio favorece a Prata no contexto "Bolha" então é relativamente fácil de projectar valores superiores.

Obviamente que este rácio vale o que vale, neste gráfico com pouco mais de 40 anos a Prata negociou a 18X e a 100X, estas variações acontecem mesmo com a avaliação das empresas por múltiplos PER, P/S, etc e tem uma razão lógica: o Mercado é assim. Mas fora de um contexto de cotações e antes num contexto de Abundância Prata Física vs Abundância de Ouro Fisico também podemos calcular o rácio:

«According to AGI Data Sheet 57.1, "Abundance of Elements," on average silver occurs at 0.07 parts per million, and gold at 0.004 parts per million in the earth`s crust. Thus the naturally occurring ratio is 17.5:1»

Isto quer dizer que em termos de abundância no Planeta Terra, o Ouro é 17.5X mais raro do que a Prata. Isto não tem obviamente que implicar que o Ouro tem de valer apenas mais 17.5X do que a Prata, em todo o caso neste momento o Ouro vale 43.75X mais do que a Prata, pelo que diria que num contexto de reajustamento de longo prazo continua a haver espaço de valorização da Prata contra o Ouro, argumento também corroborado em termos históricos.

Um dos argumentos mais especulativos:

Os 3 argumentos anteriores são válidos num contexto de validar um Bullmarket e talvez até sejam compatíveis com a hipótese de catalisar uma "Bolha", no entanto existe um argumento que tem vindo a ser divulgado de forma quase viral e que para alguns é já a causa da recente expansão na cotação da Prata:

A Forte Exposição Short da JP Morgan na Prata através de derivados.

Alegadamente e segundo rumores "diz-se" que a JP Morgan tem uma posição short na Prata na ordem dos 3.3 Biliões de Onças, em algumas fontes este valor é maior noutras é menor, em todo o caso a produção Mundial de Prata anual ronda os 700 Milhões, o que significa que em escala seriam preciso vários anos de produção para cobrir esta posição verdadeiramente gigantesca, mas acima de tudo e na eventualidade da Prata continuar a subir a JP Morgan teria de cobrir (comprar) esta quantidade no Mercado, o que em teoria poderia provocar o maior "short squeeze" da história e ser o catalisador da "Bolha" na Prata.

O principal difusor desta teoria é um senhor chamado Max Keiser que acredita que durante este processo a Prata irá atingir os $500 por Onça, e este video contém todos os seus argumentos.

Pessoalmente, não tenho grande opinião sobre esta teoria, nem faz parte do meu perfil de investidor assentar as minhas teses de investimento em rumores ou histórias desta natureza, caso seja verdade tanto melhor, mas prefiro ter o backup dos meus investimentos sustentados por outro tipo de argumentos.

A minha operação na Prata:

Através do SLV:
Tenho mantido um posicionamento longo no SLV (que é o principal ETF a replicar a cotação da Prata) com objectivos de médio prazo e considerando que existe potencial de upside implícito. Esta posição é uma posição "normal" que não está focada na expectativa de se vir a desenvolver uma "Bolha", ou seja estou basicamente a usar referências técnicas tradicionais com backup de uma tese fundamental com a qual estou confortável, iniciei a posição perto dos $20, reajustei o tamanho da posição durante o processo, mantenho-me comprador da Prata caso esta consolide ou corrija abaixo dos $25 e não me imagino a deixar esta posição entrar em perda (provavelmente venderia antes de chegar aos $20 num cenário adverso), a nível de upside gostaria de começar a liquidar esta posição acima dos $40 com a expectativa de talvez num cenário de longo prazo atingir os $50.

Através de Opções SLV:
Num contexto de investimento totalmente diferente, e com o único objectivo de beneficiar de uma potencial "Bolha" na Prata para valores hipoteticamente muito altos (tais como os que foram referidos ao longo do artigo) construí uma muito pequena posição em Opções SLV de diversas maturidades e strike prices, esta posição tem uma dimensão residual dentro da minha carteira, ou seja, no caso de nunca se verificar uma "Bolha" na Prata a perda desta posição será provavelmente total, e nessa eventualidade a dimensão da posição não permite que a perda seja grave (a posição nas opções corresponde a menos de 20% do tamanho da posição no ETF e a menos de 2% do valor da minha carteira). Concretamente estou exposto em Calls SLV com strikes a $30 e a $40 para Janeiro de 2012 e 2013, a posição poderá gerar ganhos interessantes durante um Bullmarket, perda total se a Prata estagnar perto dos $30 ou abaixo e na eventualidade de uma "Bolha" à escala da de 1980 a posição desenvolve o seu retorno de forma exponencial (risco total vs potencial ilimitado).

Notas Finais (curto prazo):
Para a minha posição quer em SLV, quer em Opções a time-frame de curto prazo não é propriamente relevante, especialmente num activo tão volátil como a Prata. Independentemente disso e a pedido de um leitor do fórum privado deixo um pequeno comentário: Depois do recente breakout dos $30, será essa mesma zona a principal referência de downside válida para curto prazo (com alguma margem obviamente), em termos de swing os $26 definem em teoria a passagem a baixa no padrão actual. Já no contexto de upside seria expectável que este breakout tivesse como projecção a zona dos $34.50, mas conforme referi não negoceio Prata numa óptica de curto prazo nem a vejo como um veiculo para ganhar ou perder apenas 5-10%.

Bons Negócios,

Diogo Castro
www.clubeinvest.com
  

Nota: os comentários apresentados são meramente artigos de opinião do autor, não devendo em nenhuma circunstância ser entendidos como recomendações de compra, de venda, de sugestão estratégica ou de aconselhamento financeiro.

Comente este artigo ou coloque uma questão 9495 euros
Disclaimer: O Clubeinvest.com informa que nenhuma da informação aqui facultada deverá alguma vez ser entendida como conselhos ou recomendações de qualquer tipo de transacção, investimento real ou estratégia, todas as publicações presentes representam apenas a opinião pessoal dos seus autores. Exclui-se, expressamente, quaisquer responsabilidades por eventuais erros nas conclusões resultantes da leitura de artigos aqui publicados e das decisões adoptadas pelos utilizadores. Para obter apoio na gestão dos seus investimentos deverá estudar exaustivamente os activos, decidir por si próprio ou recorrer a Instituições Financeiras credênciadas pela CMVM.
iShares Silver Trust [SLV]
Cotação: 15.59 +0.01 (+0.06%)
Max-Min 52 Semanas: 19.71 - 14.44
[Metastock, Gráficos e Notícias]
Capitalização Bolsista: N/A
EPS [EPS-est]: 2.23 [N/Ae]
PER [PER-est]: 6.99 [N/Ae]

Gráfico de intraday:
Existem Gestores activos em SLV na Plataforma de Portfolio Managers:
Existe 1 Posição Aberta em SLV
Existem 10 Posições Fechadas em SLV
Estas Posições são monitorizadas na plataforma e podem ser acompanhadas pelo público desde o momento de entrada ao fecho de posição
Últimos Artigos Publicados:
Cannot connect to the database server