Clubeinvest.com Homepage
Indices_HP
PSI-20 5371.81 +0.19% | DAX 12202.63 -0.12% | NDX 5425.43 +0.13% | SPX 2356.11 +0.13% | EURUSD 1.3738
Registe-se ou faça Login !
Clubeinvest.com
Home Privado Fórum Acções Índices Metastock Portfolio Managers Publicações Blogs Contacto ?
Gráficos e Metastock:
Ex: EDP.LS CSCO ^NDX

Lisboa, 23 de Junho de 2017, 12:08

Autor Tópico: Copa e Olimpíadas devem gerar 5,7 milhões de empregos no Brasil  (Lida 4277 vezes)

Offline zimermann

  • Heavy Trader
  • ****
  • Mensagens: 374
  • Rating: 34
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Copa e Olimpíadas devem gerar 5,7 milhões de empregos verde-amarelos

Por: Flávia Furlan Nunes
02/10/09 - 18h44
InfoMoney


SÃO PAULO - Copa do Mundo em 2014. Olimpíadas em 2016. Nos próximos anos, eventos esportivos de grande porte não faltarão aos brasileiros, que poderão reunir amigos e família, assistir ao vivo aos jogos, torcer e, muito mais do que isso, conseguir um bom emprego.

Antes do evento, o Brasil terá de se mexer bastante para poder criar condições de receber atletas e turistas de todo o mundo. Isso exige investimento em infraestrutura e, principalmente, em mão-de-obra capacitada.

Só no caso da Copa do Mundo de 2014, uma pesquisa realizada pela FGV Projetos, a pedido da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), revelou que cerca de 3,6 milhões de empregos serão gerados.

Olimpíadas em 2016
Agora, com a decisão tomada nesta sexta-feira (2) pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) de escolher o Rio de Janeiro como cidade-sede das Olimpíadas de 2016, mais empregos devem ser gerados.

Uma outra pesquisa realizada pela FIA/USP (Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo), a pedido do Ministério dos Esportes, revelou que 120.833 pessoas devem ser contratadas direta e indiretamente ao ano, entre 2009 e 2016, por conta do evento esportivo.

Já no período pós-Olimpíadas, entre 2017 e 2027, serão 130.970 novos brasileiros empregados. E mais da metade dos empregos (53,1%) gerados pelo evento beneficiará pessoas que moram além das fronteiras da cidade do Rio de Janeiro.

Sucesso das festas
Sobre o evento, o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, disse que, de agora em diante, a qualificação profissional dos cariocas para esta nova realidade é fundamental, para garantir o sucesso dos jogos.

"Uma vez confirmada a vitória do Rio, teremos muito trabalho pela frente. Haverá investimentos pesados em infraestrutura, e os trabalhadores precisarão estar totalmente preparados para que a festa seja um sucesso. Serão gerados, nestes seis anos de preparação, milhões de empregos diretos e indiretos, o que irá acelerar ainda mais a economia nacional".

Setor de Turismo
De acordo com o ministro interino do Turismo, Airton Pereira, ações como a qualificação de mão-de-obra, melhora da infraestrutura e incentivo aos investimentos privados devem ser realizadas para o Brasil "entrar em outro patamar em disputa no mercado turístico".

Ele afirmou que o ministério já está trabalhando na qualificação da mão-de-obra para a Copa do Mundo de 2014, principalmente dos profissionais que terão contato direto com o turista, como taxistas, recepcionistas de hotéis e guardas municipais, por exemplo, que contarão com aulas de inglês e espanhol e aprenderão técnicas de bom atendimento.

"Nós já começamos um trabalho que se chama Alô Turista, investindo nos idiomas de inglês e espanhol, que já no próximo ano tem a meta de atingir 80 mil pessoas e isso vai se somar a ensinamentos de bom atendimento".

Setores que serão muito beneficiados com as Olimpíadas
Estudo identificou 55 setores da economia que mais poderão se beneficiar dos jogos, com maior movimentação de dinheiro. Entre eles, estão:
Construção Civil (10,5%),
Serviços Imobiliários e Aluguel (6,3%),
Serviços Prestados a Empresas (5,7%),
Petróleo e Gás (5,1%),
Serviços de Informação (5%) e Transporte,
Armazenagem e Correio (4,8%).

Segundo a Firjan, o documento Decisão Rio prevê R$ 126,3 bilhões em investimentos públicos e privados para o estado no período, entre 2010 e 2012.
 Mas a entidade acredita que esses cálculos serão revistos para cima, com os novos empreendimentos nos setores de turismo e infraestrutura.

Offline zimermann

  • Heavy Trader
  • ****
  • Mensagens: 374
  • Rating: 34
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Rio 2016: analista diz que impacto de Olimpíadas nos mercados será positivo

Por: Equipe InfoMoney
02/10/09 - 19h15
InfoMoney


SÃO PAULO - O Rio de Janeiro foi escolhido cidade-sede para os Jogos Olímpicos de 2016 nesta sexta-feira (2), após muita expectativa.

Mas como a decisão do Comitê Olímpico Internacional pode afetar os mercados e a economia do País?

Em entrevista à InfoMoney TV, o analista da TOV Corretora Júlio Mora diz que o impacto para a economia será positivo e que, após o anúncio, a bolsa já reagiu e começou a subir. Ainda segundo Mora, os setores de construção civil, aéreo, as mineradoras e metalúrgicas podem se beneficiar da decisão. Confira!


http://web.infomoney.com.br//templates/news/view.asp?codigo=1686402&path=/investimentos/

Offline zimermann

  • Heavy Trader
  • ****
  • Mensagens: 374
  • Rating: 34
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
BofA ML amplia 'ainda mais' otimismo com o Brasil e lista 4 motivos para as ações

Por: Equipe InfoMoney
05/10/09 - 18h00
InfoMoney

SÃO PAULO - O Brasil começa a ganhar mais evidência no cenário internacional. A resistência da economia doméstica diante da crise rende alguns elogios às políticas adotadas, enquanto o mercado acionário volta a ser alvo do capital estrangeiro. Mais em evidência, o País é visto com olhares cada vez mais favoráveis.

"Nossa equipe está se tornando ainda mais otimista com o Brasil", reforça o Bank of America Merrill Lynch. Fatores como o cenário mais promissor para a economia global e a resposta relativamente rápida do mercado de trabalho local fundamentam esta visão.

Por motivos como estes, Virgílio Castro Cunha, economia-chefe da instituição para a economia brasileira, anuncia uma revisão na estimativa para o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro em 2010, de crescimento de 4,5% para avanço de 5,3% no indicador.

4 motivos para as ações
As apostas para a bolsa caminham junto. A recomendação do BofA Merrill Lynch para o mercado acionário brasileiro é overweight (acima da média), por quatro motivos básicos:

Lucros corporativos: a expectativa é de recuperação nos lucros corporativos, que tendem a se beneficiar do cenário de real mais forte e custos mais baixos de financiamento.

Resistência à crise: "há apenas cinco países no universo de cobertura do BofA Merrill Lynch com crescimento maior que o Brasil projetado para 2010". Esta expectativa remete a fatores como o baixo nível de alavancagem de consumidores, empresas e governo, as reservas internacionais e os efeitos positivos das políticas monetária e fiscal anticíclicas.
 
Fluxo de investimentos doméstico: em meio ao cenário de juros mais baixos, a expectativa dos analistas é que os investimentos adicionais na renda variável ultrapassem US$ 25 bilhões por ano.
 
Fundamentos: "o mercado brasileiro está sendo negociado com desconto de 14% às ações globais baseado no consenso de P/L (preço da ação sobre o lucro por ação projetado para a empresa) ajustado de 12 meses". Na comparação com as bolsas de China e Índia, o mercado acionário brasileiro aparece com desconto de 6% e 30%, respectivamente.

Clubeinvest.com

Re: Copa e Olimpíadas devem gerar 5,7 milhões de empregos no Brasil
« Responder #2 em: Outubro 06, 2009, 02:46 »

 


Facebook Comments

Disclaimer:
O Clubeinvest.com informa que nenhuma da informação aqui facultada deverá ser entendida como conselho ou recomendação de qualquer tipo de transacção ou investimento. O Clubeinvest.com informa também que alguns dos links e banners publicitários presentes no nosso sitio não se destinam directamente ao público português tal como podem não se referir a produtos negociados no mercado financeiro português.
Mapa do Site:
Pagina Principal | Forum | Chat | Cotaçoes | Indices | ETFs | Ouro | Resumo de Mercados | Noticias | Artigos Antigos | Forum Antigo | Forex | Brasil
Blogs | Análise Técnica | Ficheiros Metastock | Membros | Rating de Membros | Livros | Donativos | Registo | Pesquisar | Contacto | Publicidade
© 1997- 2017 ClubeInvest.com, todos os direitos reservados.

Página criada em 0.346 segundos com 27 procedimentos.